Notícias

Após circuit breaker, Bovespa opera em baixa de pelo menos 8%

A Bolsa de Valores Brasileira (B3) continua operando em baixa após o circuit breaker. O mecanismo, acionado na manhã desta segunda-feira (16), interrompeu as negociações por 30 minutos.

Às 12h41, aproximadamente, a B3 operava em queda de pelo menos 8,62%. A bolsa chegou a atingir -14%, colocando em risco um possível segundo circuit breaker em menos de duas horas.

Pelas regras, ao atingir queda superior a 10%, o mecanismo é acionado e as negociações paralisadas por 30 minutos. Na segunda vez em que ocorre no mesmo dia, quando há queda igual ou superior a 15%, o circuit breaker interrompe os negócios por 1 hora e, em um terceiro caso, se houver operação a -20%, as negociações são novamente interrompidas e a Bolsa decide por quanto tempo.

A queda das ações já era esperada para esta segunda-feira após os bancos centrais dos EUA, China, Coreia do Sul e Japão anunciarem medidas para conter a eminente crise econômica causada pelo novo coronavírus.

Neste momento, o dólar comercial opera em alta de 2,85%, sendo vendido por R$ 4,9503.

Fonte: jovempan.com.br/noticias